quinta-feira, dezembro 01, 2005

Certezas!

Aos 16 anos:

_ vou casar tarde; primeiro vou tirar o curso, depois viver no estrangeiro um ano; volto e vivo sozinha mais 3;

_ a altura dos namorados é irrelevante (namorava, com essa idade, um rapaz que me dava pelo ombro, embora só assumisse essa condição sentada);

_ vou escrever num jornal e numa revista de grande reportagem;

_ vou sempre cantar;

_ os meus amigos vão ser sempre meus amigos e ter sempre a minha atenção e, daqui a 30 anos, vou ter o contacto de todos eles;

_ é mais fácil o mundo ficar quadrado do que não cumprir estas promessas.



Aos 41 anos:

_ contra todas as expectativas, o mundo não ficou quadrado;

_ a altura dos namorados conta: mínimo 1m86;

_ as certezas dos 16 anos são uma bela bosta!



Plim...

10 comentários:

Maria disse...

Olá Dinada, as certezas dos 16, são sonhos sem lógicas...
Os amigos esses mantive.
1.86, não está nada mau, eu sou apanhada por 1.80, isto é pancada minha, porque até sou pequenina.

Beijokas

Dinada disse...

É, maria.
Tudo sonhos...

Pois, já eu tenho quase esse metriointenta e sou fãs dos saltos altos :D

Daí a exigência!

zezinho disse...

Serão? Ou ao onvés os anos vão-nos tornando mais egoistas?
Esta é uma questão com que me debato frequentemente.
Beijinho

badger disse...

Não temos certezas ao 16 anos... da mesma forma que não as temos mais tarde!
Na minha modesta opinião, são somente sonhos... que com o passar do tempo, as experiências, a maturidade... se vão reformulando!

Não julgo mal! È bom ter sonhos (certezas) em qualquer altura...

Beijo e bom feriado

Mr. Steed disse...

mas, mas.....tu não tens dezasseis anos???? oh bolas....lá vou eu outra vez à procura de blogues escritos por gente da minha idade....

Anão Badalão disse...

ó fôfa, isso quer dizer que eu não tenho hipóteses não é?

Dinada disse...

Hein?

AmigaTeatro disse...

Eu aos 16 nunca quis muito...

... quis* mais aos 18!





















* [quero] xD

maresia disse...

plim?!?! assim sem mais nem porquê?!?!? plim?!?!? recuso-me a deixar levar-me pelo plim... não há plim que me bata, mesmo que o mundo fique triangular! plimplimplimplim

Dinada disse...

És das minhas!!!