quinta-feira, abril 20, 2017

A Estrada

A dita é um abstracto
Uma ilusão
Uma confusão
Mas também um pacto

Percorrê-la é aventura
Desbravá-la um mistério
Cada desvio uma prova
Conquistá-la é coisa dura

No fim detudo só a sorte
A  morte
Ou o destino
Com tino

Todos escolhemos o percurso
Todos temos o livre arbítrio
Não há arbitrariedades
Apesar do absurdo

De ir pelo lado errado
O poder em nossas mãos
Caminhando seguros
Seguindo
Olhando
Apreciando
Avaliando

Acolhendo-nos num momento nosso
No lugar certo
Que será perpétuo
Até que Deus queira






sexta-feira, março 10, 2017

Corpo

Quente
Anónimo
Anódino
Quiesciente

Saltitante
Perpétuo
Dançante
Correcto

Postura
Direita
Firme
Perfeita

P.S. Amanhã a minha Mousse faria anos. A minha Mousse faz-me falta, mesmo depois de ter partido há dois anos.