sábado, setembro 23, 2017

RUA

Fora de casa está a rua
Fora do conforto, está a coragem
Aí, na estrada que separa os passeios
Está a vontade de atravessar

Para um outro lado
O da esperança
A luta, a vontade, a resiliência
A determinação

Sabemos todos
Que não somo iguais
Que lutamos sempre
Por motivos diferentes

Em momentos terríveis
Daqueles que nos atam a mente
Está uma porta aberta
Agarrá-la impere
Há sempre a janela

Nota: Vivo num limbo...

quinta-feira, abril 20, 2017

A Estrada

A dita é um abstracto
Uma ilusão
Uma confusão
Mas também um pacto

Percorrê-la é aventura
Desbravá-la um mistério
Cada desvio uma prova
Conquistá-la é coisa dura

No fim detudo só a sorte
A  morte
Ou o destino
Com tino

Todos escolhemos o percurso
Todos temos o livre arbítrio
Não há arbitrariedades
Apesar do absurdo

De ir pelo lado errado
O poder em nossas mãos
Caminhando seguros
Seguindo
Olhando
Apreciando
Avaliando

Acolhendo-nos num momento nosso
No lugar certo
Que será perpétuo
Até que Deus queira






sexta-feira, março 10, 2017

Corpo

Quente
Anónimo
Anódino
Quiesciente

Saltitante
Perpétuo
Dançante
Correcto

Postura
Direita
Firme
Perfeita

P.S. Amanhã a minha Mousse faria anos. A minha Mousse faz-me falta, mesmo depois de ter partido há dois anos.

quarta-feira, setembro 23, 2015

domingo, julho 12, 2015

Das Surpresas Que Sabem a Felicidade

Ontem foi um dia maravilhoso.
Quem tem um "mais que tudo" como eu tenho, que levou dez dias a preparar-me a surpresa da minha vida no maior dos segredos, é abençoada.
António, este beijo enorme é especialmente para ti heart emoticon , mas também para todos os que alinharam no melhor presente que poderia ter recebido.
Obrigada, do fundinho do coração!
Nota: os meus pais gostam muito de mim, pois que gostam, mas qualquer olhar mais atento, reparará que os pratos na parede enaltecem exageradamente esse amor, que é distribuido equitativamente por mais dois manos. Acontece que o amado, artista e pacientemente, conseguiu cobrir todos eles com fotos minhas, em diversas idades. Se isto não é AMOR... 



(como sou muiiito original a foto fica de lado...nada a ver com nabice relacionada com o facto de não a conseguir por direita)
smile emotic

sábado, julho 04, 2015

7 Dias

E, depois, carrego mais um ano.
Não gosto.
Há muitos anos que desgosto disso e sei que é pena.
Minha e muita.
Pena, de não poder agradecer.

sexta-feira, junho 19, 2015

Curriqueirices

Das coisas mais deprimentes na vida, digo eu (pois, redundante, se escrevo estas palavras), é abrir um blogue velho e perceber que tudo o que contém são coisas curriqueiras, sem interesse nenhum e, mesmo assim, ainda não o fechei (em bom rigor, fi-lo, uma vez, mas infelizmente voltei)