quarta-feira, novembro 30, 2005

Civismo!

É impressionante a falta de civismo do nosso povo! Automobilizado então, passa a totalmente bárbaro.

Há pouco assisti a um quase atropelamento ali na rotunda do Santo António, em Alvalade. Eu já ia adivinhando que isso iria acontecer porque, imagine-se, o condutor que seguia à minha frente ia completamente distraído a LER O JORNAL, com o dito aberto sobre o volante e não viu que o sinal tinha fechado...

Acho que isto diz tudo!

8 comentários:

::mari:: disse...

Eu cheguei à conclusão que o português mais cagão é o que anda ao volante... parece que, o que lhe falta, tenta compensar com o pseudo-poder que sente quando se poe ao volante. No final, são uns cobardes que se julgam grandes "campiões" ao volante.

E como cereja no topo do bolo, neste país tem mais prioridade o automobilista do que o desgraçado do peão!

Correndo o risco de parecer imoral e vingativa, vou dizer que por esses motivos e mais quinhentos, não sinto muita pena quando este tipo de gente se espeta contra um post. Não que os deseje mal, mas o carrito espatifado e um susto não lhes fazia mal nenhum, pelo contrário.

Beijo!

Stupid Mari disse...

"não que os deseje mal" hum está certo!!!!SE HÁ ALGO QUE ME REPUGNA É VER MAL TRATADA A LÍNGUA PORTUGUESA.


BASTA, MARI, VÁI APRENDER, PELO MENOS A ESCREVER E DEPOIS PODES EXPRESSAR AS TUAS IDEIAS POR MAIS INÚTEIS QUE SEJAM

Anónimo disse...

ui, deteto aqui alguma animosidade entre comentadores(as).

Dinada disse...

É 'detecto'...pronto, não és o fin :D

Dinada disse...

Mais de resto, eu cá gosto da Mary...do anónimo não sei, obviamente!

vinil disse...

fosgasse ó dinorá sou eu...e deteto é o futuro de detecto. acordo hortográfico de 2017 que irá legitimar o kappa como substituto do quê de quá-quá.

Dinada disse...

Parvo!!!

Que coisa pah, apre!

Se deixasses de trocar de roupa era mais fácil...

Mr. Steed disse...

pois, mas ao fim de algum tempo era capaz de começar a cheirar mal.