quinta-feira, janeiro 05, 2006

Crise, Qual Crise?

Vou à janela.
Olho para a rua, iluminada pela claridade dum sol de inverno, agressivo à vista.

Quase cegante, num determinado ponto desvia-me a atenção para lá.
É o vidro duma viatura que concentra em si a luz, reflectindo-a.

Novinha em folha, de alta cilindrada, como 90% dos carros estacionados por ali.
É curioso. Sai um modelo novo e, passados poucos dias, há um exemplar dele estacionado aqui na praceta.

Depois, quando fecho a janela e venho para a rua, reparo na quantidade de peles bronzeadas, discordantes da estação que atravessamos.

Muita viagem para sítios onde o estio se vive agora.

Meto-me no meu carro (que é só um quase carro, no meio das 'bombas' todas que o rodeiam) e constato, às 8h da manhã, as avenidas lotadas de automobilistas apresados tentando, em vão, ultrapassar um caracol que teima em manter-se na via. Despreocupado. Sabe que não corre risco de vida.

E pergunto-me: crise, qual crise?

23 comentários:

spartakus disse...

É ver e não perceber. Ou tentar não perceber. Bom dia.

Inha disse...

A crise é sempre para os mesmos. Os da fome calada.;)

Pinto Ribeiro disse...

Bom diaaaaaaaaaaa kriseeeeeeeeee!!! bom dia Dinadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!! Olé!!!

Dinada disse...

Bom dia queridos, está sol. A minha ideia é que se vive muito acima das possibilidades. E que vamos pagar isso muito caro. Assisti a isso na Suécia, há 20 anos atrás. Bancos a falir com crédito mal parado, sobre endividamento das famílias, desvalorização da coroa, enfim...

Lá está, até nisto, das crises, somos atrasados :D:D:D

Tatiana Valentina disse...

ahhhhh
a crise é só para alguns... não toca a todos, infelizmente a mim tem tocado...

Dinada disse...

Toca a todos, Tatiana...o mal é alguns disfarçarem...

Inha disse...

Ingvar Carlson?;)

Dinada disse...

Biiingo!!!

Ai Inha :D:D:D

Inha disse...

Obrigada pelo elogio no André, Mana!:D


A próxima etapa vai ser crochet!LOL

Dinada disse...

ou mesmo tricot :D:D:D:D
Que nós 'semos' umas aventureiras!!!!

Beiijo, mana!

Mr. Steed disse...

cegante? isso existe???? e Ingvar Carlsson tb? Ontem ví um filme que tinha uma personagem Sueca. A Ulla...:) Ulla will do tidy up ja?

Anyvone vor ze svedishh meatballs now? Ja???

Dinada disse...

Steed, môre, os comprimidos...os comprimidos...

Depois, eu invento palavras se me apetecer...o blogue é meu, catano!

sonia r. disse...

Compra um Jaguar que isso passa. Bjinhos.

Dinada disse...

doações, presisam-se safo!

Podes começar :D

Beijo...

Bord@s disse...

Só eu sei purké k me pisguei :)

Não é uma crise não Di, PT está já a cavar no fundo do poço. Mas nisso tudo vão sair mais uns novos ricos que vão subir socialmente às cavalitas d'otros, como em todos os países "emergentes".

Portugal apesar de já não ter o estatudo tem todas as suas caracteristicas, é como aqueles gajos bués fdp que parecem santinhos, disfarçam disfarçam mas ao fim ao cabo não enganam muitos ;)

ART&TAL disse...

e a pé nao se vai lá?

carlos m disse...

ia falar dos Supertramp e o album "Crisis? what Crisis?" mas prefiro o Padre António Vieira, na célebre passagem do Sermão aos Peixes:

"O polvo com aquele seu capelo na cabeça, parece um monge; com aqueles seus raios estendidos, parece uma estrela; com aquele não ter osso nem espinha, parece a mesma brandura, a mesma mansidão. E debaixo desta aparência tão modesta ou desta hipocrisia tão santa, (...) o polvo é o maior traidor do mar."
isto de parecer e de ser tem que se lhe diga...um abraço

Pólux disse...

Dinada,

Um inspector de Finanças leu o teu post e foi à tua rua. Dirigiu-se aos proprietários dos topos de gama e aos donos da cútis bronzeada, para saber se os sinais exteriores de riqueza estavam em consonância com os respectivos IRS. De imediato os donos dos carros lhes apresentaram montes de letras protestadas por falta de pagamento. Um deles, também por não conseguir pagar a prestação da casa há anos, tinha pendente uma acção de despejo da instituição de crédito que lhe emprestou dinheiro, e disse que iria viver para dentro do carro.
Quanto às donas e donos das texturas bronze, mostraram todos um pequeno aparelho de ultravioletas… comprados a prestações, com algumas letras já vencidas e não pagas. :)

Os bancos que se cuidem, se não querem abrir falência como os da Suécia. :):

Beijinho

Dinada disse...

Ai Pólux...agora ri-me. Fiz a banda desenhada correspondente ao teu texto e gozei o prato :D:D:D!

Mr. Steed disse...

eu vi mesmo um filme com uma personagem chamada Ulla que era sueca....eu vi!!! eu vi!!!

Ulla vil du ze tidy up ja?

e cegantes não existe mesmo...

e agora algo realmente interessante: já viste as mamas da mulher do Maniche??? Coisa impressionante ou como a aplicação do sillycone pode transformar uma mulher numa palhaça de mamas.

aurora disse...

Ai um Jaguar até que calhava, podia ser azul escuro assim para não dar muito nas vistas, mas olha aqui na província também não há crise. A bimbolândia inteira anda aos saldos furiosamente...

::mari:: disse...

Todos os dias tenho exactamente o mesmo pensamento Di. Onde tá mesmo a crise de que tanto falam hein?? Uére? Uére?

Centros comerciais cheios, lojas cheias, estradas cheias de bons carros (os melhores atenção!), pessoal bem vestido, bem penteado, bronzeado (e muitas vezes não é das viagens mas sim do solário q tb n é barato)... enfim, se existe crise, eu cá nã a vejo. Das duas uma, a malta anda a imaginar crises, ou então anda tudo entupido de dívidas até à ponta dos cabelos bem tratadinhos que disfarçam uma realidade POBRE. Já não sei de nada. O que eu sei é que não tenho dinheiro para comprar nenhuma bomba de carro!

Anónimo disse...

Keep up the good work Celebrex what is it Pharmacy online klonopin micra nissan spy digital camera software affiliate program Snoopy leather jackets