terça-feira, janeiro 10, 2006

Olhando sem Ver!

Tantas vezes acontece usar o olhar sem processar as imagens que capto. Olho sem ver.
Porque a realidade às vezes não passa duma enorme tela de cinema, com surround sound, cheia de personagens que vagueiam por histórias que não conhecemos nem queremos conhecer. Não há tempo para acompanhar enredos. A vida é acelerada demais.

De repente, num cruzamento da vida, aparece um filme com argumento irresistível. Detenho-me e vejo. Fico ali, estática, observadora.

As poucas vezes que intervim no desenrolar da acção gritada por um realizador invisível, que me observa as qualidades, nem correram mal. A verdade é que, quase outras tantas menos bem.

Decididamente não nasci para atriz. Terei nascido para directora do meu próprio guião. Que desenharei com a tenacidade que sei que tenho, escondida cá dentro!

33 comentários:

deumus disse...

e bamos a isso. boa tarde Dinada. bj.

frog disse...

Sorte a tua seres directora do teu própio guião...mas será que a versão final é The producer version ou te director version?? e eis aqui o busilis da questão...porque se for a versão do realizador tem sempre mais 46 minutos...de cenas que não interessam à contabilidade do produtor.

Dinada disse...

deumus, vénia...

Ó frog, directors cut :D

frog disse...

directors cut é a versão do realizador depois de se cortada... pelo produtor em mais 45 minutos

Dinada disse...

Ná...é precisamente 'em antes' :pppp

frog disse...

Está toda baralhada...eheheh

Dinada disse...

Ai o catorze. a minha perspectiva é que quem faz os 'cuts' é quem paga a coisa...o produtor. Depois, o realizador (director), mantém o original (aquele q não chega às salas de cinema)...mas adimto que possa estar (ser) baralhada :D

frog disse...

Esta merda também não tem nenhum interesse...seja o que DEUS quiser...ele lá sabe..

A "version" é que f* tudo...é precisamente ao contrário

Directors CUT - versão do realizador ( depois de negociar com o produtor mais quatro ou cinco cenas, geralmente sem interesse vendável mas interesse cinematográfico)... mas o meu comentário não era sobre os meandros do cinema!!!!!

Dinada disse...

Sabes que mais? Sempre a aprender :)

Beijo!

(no Areeiro tá sol? :D)

frog disse...

Muito sol...mas também muito frio...até as chaves do areeiro gelaram... está um dia "porreiro"

Dinada disse...

Aqui na Av. de Roma também.
;)

Dinada disse...

Olha lá, oh frog, tu tens blogue?
Se tens deixa o endereço...fáxavôre!

frog disse...

Estava à espera que me oferecessem um no Natal... mas não cabia na chaminé... tenho que derrubar uma parede para o blogue entrar...

Dinada disse...

:D

Quando tiveres, apita...

sonia r. disse...

Boaaa tardeee!!!
Bjinhos.

Dinada disse...

Beijo, Sónia!

(eu visito-te todos os dias, mas nem sempre encontro as palavras certas para descrever o que sinto ao observar, atentamente, os belíssimos textos e imagens que colocas...qualquer coisa parece assim, pequenino :) )

Paulo McChina disse...

vou ser-te sincero, hoje cresceste na minha barra de consideração, sabes dizer "surround sound", foda-se tu és mesmo culta, eheheheheheheheheheeheheh

Dinada disse...

'podeçe' rir???

:D:D:D

Inha disse...

Poupa o fôlego para dommani, Mana... LOL
e traz os clinexes...:D:D:D

Dinada disse...

Fónix...agora fiquei curiosa com essa! Do ranho! LOOL

daviduskas disse...

Vim aqui só desejar-vos uma boa noite e sonhos bonitos...

Beijos

mixtu disse...

Di: se assim for, deves te dar como muito feliz, tam linda uma "directora" :)

Dinada disse...

Sou não sou???


***

Mixtu, ao menos faço a festa, deito os foguetes e apanho as canas. Se uma me cair na mona, olha, é uma improvisação :D

mixtu disse...

cuidado com a "mona".

holeart disse...

um bom filme sem duvida mas...
há detalhes
que só ficam bem no tempo parado
dão para reflecir no silencio

holeart disse...

agostinho da silvaaaaaaaaaaa


eu hoje mato-te


é o cesar monteiroooooooooooo

Dinada disse...

:D:D:D:D:D

(eu sei que é o gajo pah...mas são parecidos, que queres???)

(outra coisa...confirmaste as minhas suspeitas :D ó art...)

Pólux disse...

Dinada,

Por vezes a realidade é mais forte que a ficção. Aí, quem manda, é o actor. Pergunta ao Jeff Daniels se não saiu mesmo do écran n' "A Rosa Púrpura do Cairo". :)

Beijinho

holeart disse...

:D:D:D:D:D
(outra coisa...confirmaste as minhas suspeitas :D ó art...)


QUE SUSPEITAS!?

AGORA NAO ENTENDI?

AINDA O BENDITO DO CACO?

Dinada disse...

Pólux, nem mais ;)*

Holeart, pois...o caco, o raio do caco!!!

('disfarceiro')

Ni disse...

Olá Di! :)

Além de escreveres bem, tens um humor delicioso... próprio de quem tem opinião própria e quem não gostar... que vá passear debaixo dos pombos! :)

Menina linda, vim visitar-te... deixar um abracito... e vou voltar. (Posso chegar-me à roda de amigos?)
'Aqui' respira-se 'à vontade', como quando se está em casa - mesmo - rodeada de amigos e a conversa flui ao sabor do momento.
Gostei Di! Aqui há 'ditudo' bom...

Ni*

Dinada disse...

Ó Nina, que bom é ler-te aqui...junta-te pois, talentosa poetisa que admiro profundamente (para além de seres linda mesmo ;))

Bem vinda, senta-te conosco e vai ficando :)*

Anónimo disse...

Best regards from NY! film editing classes