quarta-feira, julho 25, 2007

Vida Fodida

Tenho a Mousse.
Não tenho os meninos. Estão longe, longe.
Sou eu que a passeio, portanto.

Descobri que ter um cão (no caso cadela), nos abre um mundo completamente novo.
Obriga-nos a sair de casa e encontrar aqueles que, como nós, têm o seu pet para passear e aqueles que vagueiam perdidos na solidão dos jardins onde nós pavoneamos os pedigrees e conversamos banalidades.

Um dia destes conto-vos a história do Luis.

O Luis não tem ninguém.
Tem aquele banco de jardim com uma mesa à frente, colada ao chão, tal qual o assento (como se alguém sano os quisesse roubar).

E um saco de plástico onde guarda aquilo que o sustenta vivo: pão, queijo e vinho. O Luis é licenciado. O Luis há 15 dias que dorme no carro.

A vida é fodida!

2 comentários:

sniqper disse...

Minha Amiga...
De tantas e tantas cenas dessas a Vida é feita, mas sabes um dia uma amiga disse-me uma grande verdade que vou partilhar contigo...
""Não estamos no Mundo para ser fodidos mas sim para o foder."
Grande verdade, mas por vezes ele ganha de mil...

Bjs
sniqper

Dinada disse...

Se o deixares Maria, se o deixares (para mim continuas Maria, pode ser? :))

Beijo

Di