quinta-feira, julho 12, 2007

E Outra Vez O Raio do Silêncio...

Já chegaram lá. Ligou-me agora o primogénito, feliz. Vai abraçar o pai que não sente há 7 meses. Felizes estão também os mais pequenos.

Foram de manhãzinha e voltam só dia 8 de Agosto. Até lá, cheiro-lhes 3 peças de roupa que não foram nem vão para lavar até ao regresso. Sempre que eu quiser, que precisar.

Que vazia é esta casa, que enorme fica.

Vale-me a minha Mousse, que me lambeu todas as lágrimas quando aqui voltei, do Aeroporto.
Querida Mousse!

E valeu-me um amor grande (mazé que é meismo meismo grande, pralá dumetrinoventa), que esteve sempre comigo, na hora difícil do adeus, de mão dada, de coração com coração.

Obrigada L.

3 comentários:

cadeira do poder disse...

Mãe sofre... mas às vezes a melhor maneira de educar os filhos é deixá-los ir, neste caso conviver com o pai, que também faz parte da sua formação.

Zénite disse...

Noite tranquila, Dinada.
Beijinho.

cm disse...

a distância é inversamente proporcional ao amor...e com um grande braço sempre ajuda...um doce e feliz fim de semana