sábado, setembro 29, 2007

Coisas Muito (diria exclusivamente) Portuguesas

A bata.

Se repararem, as mulheres na faixa etária que ultrapassa os 50, 60 vá lá, rendem-se à bata como indumentária diária (excluindo talvez Domingo na Missa), o que torna a paisagem humana deste país num imenso mar de capas aos quadrados normalmente bicolores, abotoadas à frente e com os 2 necessários bolsos para o lenço de papel.

Curiosa, indago algumas.
Resposta? Ó menina atão não se está mesmo a ver? É para proteger a roupinha que trazemos por baixo.

Pois.

Lembro-me imediatamente daquelas pessoas que gastam o que têm e o que não têm a comprar aquele sofá de pele com que sempre sonharam e, chegado a casa, o pobre é coberto ad eternum com uma manta horrorosa para se manter imaculado.

Coisas...

2 comentários:

marta disse...

Nem sempre, nem sempre.

Não me falem em batas ou aventais.
Sujei-me? limpa-se

Funes, o memorioso disse...

Eu gosto é daqueles que nunca retiram a película autocolante protectora do visor do telemóvel, para ele não se riscar.