terça-feira, março 28, 2006

Tranvestidos!

Um travesti é um gajo de sorte.

Pode coçar os tomates sem que desconfiem que o faz, esteja o botox no sítio certo e os implantes mamários moles (nunca entendi como há gajas que queiram ter mamas tipo bolas de basket cheias de mais, a ameaçar rebentar a qualquer momento...enfim, um desabafo).

Ocorreu-me este pensamento agora mesmo porque, invejosa, não tenho tomates para coçar. E espera-me uma pilha de documentos para analisar.

Às vezes ataca-me uma brejeirice, pardon, mas não deixa de ser risível e até saudável.

Assim, e reiterando o pardon, desculpem qualquer coisinha. Eu volto ao normal não tarda.

(e hoje, por mais que se me revoltem as entranhas, vou gritar pelo Benfica...mas baixinho, não vá alguém ouvir-me)

10 comentários:

McChina disse...

... coçar tomates, essa conbersa num sei pq, deixa-me com expectativas ...
éhéhéhéhéhéhéhéhéhéh

continuo a vir cá todos os dias, só para que fique registado

Inha disse...

Ó Mana tu hoje tiraste o dia para me tirares do sério?LOLLLLLLLLLL

Sabes por acaso do onde eu venho agora? Sabes?...LOOOOOOOOL


(não estás desconfiada de quem seja a peça?...:D:D:D ora pensa bem....)

Musician disse...

Sempre divertida!! =)
Beijinho*

Pêndulo disse...

A primeira bebé provecta do país anda muito brejeira anda.
Podes sempre coçar o telemóvel (sim, refiro-me ao que diz a D. Aurora que é provecta mas muito provectável eh eh eh)

Mr. Steed disse...

Estes morcões não fazem ideia mas este é o teu estado normal. Estive agora mesmo a ver o Invasão na FOX e estou a começar a pensar se tu não foste invadida por algum extraterrestre...

Além do mais, da última vez que espreitei debaixo da tua saia tu tinhas tomates pá!

nelson disse...

... desculpa lá que te diga mas, na falta de "próprios" podemos sempre coçar os dos outros !

E a propósito dos "ditos", aqui vos deixo uma anedota angolana:

Um desmobilizado de guerra - que tinha perdido os "referidos" na explosão de uma mina - dirige-se a uma repartição pública a fim de responder a uma oferta de emprego.

Depois da formal entrevista, e cumpridos os demais trâmites normais na circunstância, é informado, juntamente com outros, de que foi admitido.

Antes de abandonar o local perguntou qual era o horário do serviço:

- Para todos os outros é das 8 às 12,30h e das 14 às 17 h. Para o Sr. é apenas das 8 às 12,30 h.

Ao sentir-se descriminado, perguntou:

- ...mas porquê?

- Porque aqui, de manhã conversa-se e lê-se o jornal; e da parte da tarde coça-se os tomates! - Como o Sr. não tem ! ...

(Que me desculpem os funcionários públicos. Os de Angola e não só! ... mas em África, a tragédia e o humor são feitos da mesma matéria prima: da vida.)

Chico Esperto disse...

Vê-se logo que não os tens no sítio, caso contrário não tinhas medo de gritar alto pelo Glorioso...

aurora disse...

Qué isso de misturar o nome da xô dona órora cum brejeirices?? Heim??

( Pronto, pronto Mr. Pinheiro, eles estavam só na brincadeira, vá lá guardar o rifle, ande...9

Al Mutamid disse...

E como é que uma menina linda como tu, Dina, poderia coçar os ditos cujos.
Absolutamente impossível.
Mas não seja por isso. Se te nascer a vontade fala cá com o patito que alguma coisa se há-de arranjar
Um quá... quá...

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. Prescription planpoverty level Crimes involving wheelchairs financial planning mitsubishi Small hotels in new york city Us tennis Medical malpractice terminology buy fioricet cheap viagra