segunda-feira, dezembro 01, 2008

Ande naú fór someçing complitli diferente...

Começa o raio do countdown para mais um NATAL que não vai ser e um ANO NOVO que, thank God nada significando para mim, me faz faltar os beijos lambuzados de quem lhes dá importância, SIM.

Ligam-me impreterivelmente às 23h01.
É a passagem deles, lá pelas Escandinávias, uma hora antes do nosso relógio e passa a ser a minha porque depois acabou :)

E agora, preparar.
Lá vão eles, dia 18, naquela coisa do demo com asas, para longe longe.

Mas voltam.

Voltam sempre, com aquele abraço grande e apertado que as saudades não contêm.

É dia 4 de Janeiro e, se virmos bem, até está quase.

O pior são aqueles momentos do : now bording, gate closed, departed...em que, com as lágrimás a rolar, normalmente no sentido oposto ao chão porque os meus olhos estão, nesse momento, prostrados no céu, corro para fora do Aeroporto adivinhando qual a máquina que mos leva.
Ninguém me manda ficar lá. Ampliar a angústia mas, no fundo, quero deixá-los bem entregues: ao Céu

Coisas de mãe.
Coisas que mães entendem.

1 comentário:

aurora disse...

Ai e eu que nunca passei por isso percebo-te tão bem, miga....
Consola-te que eles terão pelo menos a felicidade de não estar espartilhados neste Portugalinho de m...